Terça-feira, 2 de Maio de 2006

Catarina Ramos - 11ºD

Foi num belo dia que me lembrei

Que nem só os pintores pintam,

Que nem só os artistas brilham,

Pois nunca me esquecerei

Daqueles que com palavras desenham,

Desenham tudo o que lhes vai na alma.

Com uma força desgarrada

Mostram que com calma

A palavra é pintada.

 

Palavras...

Que querem que eu faça?

Que me submeta a vós?

Que deixe de ser uma ameaça?

Que nunca vos deixe sós,

E que vos mostre que neste mundo

Aqueles que escrevem com raça

Nunca irão ao fundo

Nunca perderão a sua graça.

 

Sim, porque quem pinta é pintor,

Quem canta é cantor,

Mas quem poemas sabe escrever,

É mais que pintor,

É das rimas o criador,

Que são como flores a nascer.

 

Sim, porque traços bonitos

Em poemas escritos

É aquilo que o artista faz

Na tela ou no papel,

A lápis ou a pastel.

Traçam o arco-íris do azul ao lilás!

 

Nas palavras, desenhos de uma paisagem

Em cenas salpicadas de pontuação

Em cada verso uma mensagem.

Na força de uma interjeição

Correm emoções em cada rimado

No leito do verso cruzado.

 

Pintar a escrever,

Mas que grande prazer!

Pintores da imaginação

Quando escrevem fala o coração.

Com ou sem musa inspiradora

É sempre a arte mais duradoura.

 

publicado por ML às 21:02
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Cátia Amorim - 11ºD

Palavras Pintadas,

Eu direi,

Eu ouvirei,

Mas não só eu….

 

Palavras, com ou sem cor

Que um dia coloriam

E outro dia reflectiam dor!

 

Um cesto de letras, outrora vago,

Devido à forma como foi pintado!

 

Símbolo de uma qualquer “coisa”,

Que dentro de nós surge,

Como uma avalanche ou uma plenitude!

Mas não só em mim…

 

Pintadas, emanam, com ou sem piedade

Que dentro de nós surge,

Como um sentimento, ou simplesmente uma palavra!

Palavra sóbria de amor.

 

Evocando cor e colorindo,

Mesmo o que a negro está traçado,

O branco se vai diluindo

E as cores renascem do nada.

 

publicado por ML às 21:00
link do post | comentar | favorito
|

João Rodrigues - 11ºD

Quem vive neste mundo,

Sabe que cada acto tem a sua cor.

Ou é preto como a guerra,

Ou vermelho como o amor.

 

E em cada momento,

Em cada olhar,

Podemos sorrir para os outros

Ou simplesmente ignorar…

Ignorar que precisamos,

 que vivemos em sociedade.

Ignorar que em cada palavra,

 pode haver um gesto de amizade.

 

E estes rasgos de ingenuidade

Lembram crianças a pintar

Com palavras, uma a uma,

As cores do céu e do mar.

 

E esta ideia que cresce em mim

Não posso mais esconder!

Porque se as palavras têm cor,

Se queremos acabar com a dor,

Temos de entender

Que devemos dar sem nada receber

A todos os que têm falta de AMOR!”

publicado por ML às 20:59
link do post | comentar | favorito
|

Luís Coelho - 11ºD

Vagos murmúrios soltos

Surgem na nossa tela,

Como um sinal humilde e repentino

De tão simples destino,

Traçado pela mais bonita aguarela.

 

Podemos nós escrever o futuro?

E apagar o passado?

Certamente que não…

Mas pintemos o presente

De uma cor alegre e garrida,

Cor do nosso coração,

 Cor da nossa vida…

 

publicado por ML às 20:58
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 24 de Abril de 2006

Maria Adelaide – Ensino recorrente

Palavras pintadas,

Aninhadas por aqui

Libertadas com alegria,

Animadas para fazer feliz!

Vibrantes de saudade,

Refeitas dia-a-dia

Aplaudidas pela mocidade,

Surgidas na paixão…

 

Pintadas com a emoção,

Imagens de cor,

Navegando pelo coração.

Transportadas com amor.

Auxiliando com dedicação

De alguém que sabe dar

A vida com humildade,

Sem se massacrar!

publicado por ML às 14:50
link do post | comentar | favorito
|

Sónia Reis - Ensino recorrente

Palavras pintadas pelo vento

Perdidas onde ninguém passou

Rabiscos suspensos pelo tempo

Debruçados ao acaso

Quando o sol se pôs… e a lua acordou

 

Palavras pintadas pelo fogo

Da minha fogueira interior

Fagulhas que rompem o escuro

Iluminam, enchem-me de cor

 

Palavras pintadas pelo sonho

Sonhadas pelos que nunca ousam

Usar as cores, pintar a vida.

Mãos cheias de areia que vazam

Por entre os dedos, tons de tela despida

Tela varrida, que me perco a olhar

Onde se espalha leve

A espuma que vem do mar

Fugaz, de sentido breve

Traz palavras ancoradas…

São estas… as minhas palavras pintadas.

 

 

 

publicado por ML às 14:49
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 16 de Abril de 2006

Marília Carvalho – 9º A

De palavras não percebo,

Mas a palavra que conheço

Poucos a conhecem,

É a palavra mais bonita

De todas as que conheço.

É uma palavra rara

Mas que todos pensam saber

Falar ou conhecer.

É uma palavra que cresce

Que não se pode aprender.

Que é divina perante

Quem a sabe falar

E quem a conhece.

É uma palavra tão rara,

Mas tão falada

Apesar de poucos

A falarem correctamente.

Essa palavra tão bela

Tão desejada por todos

No mundo e no universo

É a palavra amor,

Amor puro, sincero.

Essa que só depois

De te conhecer

Eu aprendi a dizer.

 

publicado por ML às 19:55
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Sofia Costa – 9ºC

Fingi não olhar para ti

Não passares de um amigo

Esconder o que senti

Para não me magoar.

 

Dava tudo para mais um olhar

Quando é que nos voltamos a encontrar?

 

Se felicidade é o que sinto

Por saber que estás aí

Sabes que não minto

Nesta tentativa de rima.

 

As palavras atropelam-se,

As cores misturam-se,

Geram confusão…

 

Continuo a tentar rimar,

Deixo a caneta escrever

O que não consigo entender.

 

Talvez por não te ter comigo,

Tenha criado tamanha confusão

Com estas palavras que não rimam,

Mas que tentam entender o que me vai no coração.

 

publicado por ML às 19:54
link do post | comentar | favorito
|

Cátia Henriques – 9º C

São letras que se escapam,

São frases que se perdem,

São palavras pintadas

Que os corações entendem.

Quando alguém se esquece

Quando as asas não querem voar,

E quando os sonhos de outrora

Só nos fazem chorar,

Vemos tudo cair,

Sem nada poder fazer,

Nesta altura pintamos,

A palavra sofrer.

Quando o sol pára para nos ver,

E enche de brilho o nosso olhar,

Quando um beijo basta,

Para nos alegrar.

Quando uma lágrima de carinho

Escorre entre sorrisos,

Sem nada para os igualar,

Temos pintada no peito

A palavra amar.

Quando sabemos que há alguém,

Com quem podemos contar,

Quando estamos perdido,

E nos ajudam a encontrar,

Quando nos separamos

E sentimos saudade,

A palavra pintada é amizade.

Quando o silêncio nos invade,

E tudo o que temos é uma parede branca

E um pincel na mão,

Perdemos um resto de nada,

Pintamos a palavra solidão.

Quando sentimos uma dor,

Uma dor aguda e forte,

Seguida de um arrepio,

De um frio de morte.

Quando alguém nos despreza,

Não nos dá atenção

Temos a palavra tristeza

Pintada no coração.

Todos os sentimentos

Têm a sua palavra,

Palavra pintada

Esculpida em pedra

Falando de amor.

Ou falando de guerra,

Em gesto de cor

Em gesto de amor

Faz acreditar

Que o sol nasce de uma flor.

As palavras pintadas

São representações

Poéticas

Das nossas emoções.

 

publicado por ML às 19:53
link do post | comentar | favorito
|

Sofia Costa – 9ºC

Da tela branca da vida

Deixo o pincel desenhar

Pintando alegrias e tristezas,

Dando vida ao sonho

Misturando as sensações.

Com água as cores baralham-se

Deixam nódoas na tela imaculada

Manchas escuras na luz

Destruindo a felicidade.

Serei eu pintor,

Que não sabe pintar?

Serei eu o artista,

Que deixa o trabalho se estragar?

Ou então apenas o humano,

Não vivendo só de sorrisos

Aprendo com cada lágrima,

Traçando assim um caminho.

Linhas finas e direitas,

Em alturas de silêncio,

Criam labirintos intermináveis

Sem possibilidade de me salvar.

O pincel desliza,

Uma linha mais torta,

Um passo errado,

Uma brecha na pintura,

A minha saída!

Pintor que desenha o seu caminho

Sem o poder apagar

Tentando a perfeição,

Escrevendo-o sozinho…

 

 

publicado por ML às 19:51
link do post | comentar | favorito
|

Marta Mendes – 9º A

Dia após dia fui escrevendo

E esqueci o que era sofrer!

Textos, cartas, por vezes contos,

E poesia que me ajudava a viver…

 

Não sei como fazia tal coisa…

Escrevia palavras sem pensar em tais!

Fui escrevendo, fui sofrendo,

E dia após dia escrevia mais…

 

Era isso que eu criava:

Palavras de ódio, mágoa, rancor!...

Não sabia que algo faltava

E todos os dias perdiam cor…

 

Depressa me esqueci delas,

Mas delas nunca abria mão!

Parei de escrever no entanto

Porque me apertavam o coração.

 

Feliz eu não estava,

Só parei de sofrer!

E novamente palavras

Recomecei a escrever.

 

Percebi que estava errada,

Até palavras te podem magoar!

Então porque as tornei transparentes,

Se todos os dias as podia pintar?

 

Deixei medo e mágoa,

Troquei ódio por amor!

Fui pintando com confiança

E a pouco e pouco retomaram a cor.

 

Achei que saudade as esbranquiçava,

Mas apenas ficaram mais intensas!

Carinho e amizade não bastava,

Algo faltava, e palavras eram imensas!

 

 

Experimentei um pouco de alegria

E loucura não podia faltar!

Com curiosidade e triunfo

Completei o verbo amar.

 

A base estava pronta!

Podia recomeçar a escrever!...

Colori todas as palavras

E com cor recomecei a viver.

publicado por ML às 19:50
link do post | comentar | favorito
|

Carolina Pereira – 7º G

Uma palavra um sorriso,

Um amigo,

Uma história,

Uma origem,

Um amor,

Paz.

Se palavra é tudo isto,

Esta pintada irá ser muito mais,

Imaginação,

Sonho na realidade,

Ideia,

Fantasia,

Paixão.

Uma palavra pintada vale,

Vale muito,

Não tem preço,

Vale mais do que mil palavras usuais,

Pois…estas são especiais,

Belas,

Tocantes,

Excelentes,

Particulares,

Harmónicas,

Sublimes por assim dizer,

Dizer, fazer…

Pintar, desenhar!

Impressionantes,

Comoventes.

Nada é melhor que palavras pintadas.

Mas estas podem transmitir alegria,

Alegria, tristeza tudo depende,

Depende da tinta que se usar,

Para as pintar…

 

publicado por ML às 19:48
link do post | comentar | favorito
|

Marília Machado – 7º G

As palavras…como são belas as palavras!!!

Belas e diferentes,

Porque umas são só meras palavras,

Outras são Palavras Pintadas.

 

As Palavras Pintadas são especiais.

Porquê?! Porque elas pintam-se,

Ao contrário das outras que se escrevem

Com tinta e papel.

 

Mas estas palavras não,

Estas pintam-se no interior do nosso coração

Como por magia,

Basta pensarmos numa coisa que nós adoramos.

 

Claro que não pode ser uma coisa qualquer,

Tem de ser uma coisa especial,

Uma coisa que fique marcada lá no fundo,

Como a nossa família ou o amor.

 

Pois só um sentimento muito forte

Pode despertar a magia das Palavras Pintadas

E assim maravilhar-nos com a sua beleza

E com a sua paixão.

 

É muito raro encontrarmos Palavras Pintadas,

Pelo menos escritas em algum lado,

Pois só um verdadeiro escritor as consegue criar,

Mas elas estão sempre no nosso coração.

 

O nosso coração é como se fosse um portal,

Ou para o amor e para a paixão,

Ou para as palavras pintadas,

Onde será sempre a sua reunião.

 

A reunião do amor,

Onde elas se juntam,

Para celebrar a alegria de amar,

E de fazerem amar.

 

As Palavras Pintadas irão sempre maravilhar-nos,

Ou com a sua beleza poderosa,

Ou com o seu doce sorriso,

Elas serão sempre uma fonte luminosa…

 

publicado por ML às 19:46
link do post | comentar | favorito
|

Margarida – 6ºH

Eu tenho muitos amigos,

Mas um é especial,

Ensina-me tanta coisa

Até sobre um pardal.

 

Ele vive no meu quarto

Mesmo em cima da secretária

Mas como já perceberam

Não é da minha faixa etária.

 

Quando fala,

Fala a cantar,

A ensinar

E a maravilhar.

 

As suas palavras são mágicas,

São pintadas

Com muitas cores

Com a ajuda das fadas.

 

A varinha das fadas

E a imaginação das crianças

Começa a funcionar

Mas com ideias mansas.

 

Estas ideias são pintadas,

Pintadas com amor

E muita cor

Têm também chocolate como sabor.

 

Não sejam gulosos

As palavras não são para comer

São para pintar

E para se dizer.

 

Mas saibam também

Que o “A”perdeu a mãe

Ao ser incapaz

De fazer coisas más.

 

O “M” esse é alegre

Veste-se de azul, verde e amarelo

É sortudo

E muito belo.

 

De muito usado

O “O” engordou

E é claro,

Vermelho ficou.

 

O “R” mora no jardim

Ao pé do canteiro das flores

E do jasmim

É verdinho que nem um sapinho.

 

Juntando estas letras

Forma-se então “AMOR”

Que fica assim

Um quadro cheio de cor.

 

Quero assim dizer

Que eu ao ler

Ganho magia

E fantasia.

 

Fantasia e imaginação

São das palavras

Pequenas as maiores

Do meu coração.

publicado por ML às 19:45
link do post | comentar | favorito
|

Ana Bonito - 6º I

 

No meu abecedário as palavras têm cores:

Azuis, vermelhas e amarelas

Toda a gente gosta delas,

Palavras de todas as cores:

Cinzentas como a lua,

Amarela como o sol,

Brilhantes como as estrelas,

Azuis como o mar…

 

Pela manhã ao acordar,

Quis pintar palavras,

Palavras de todas as cores do arco-íris.

Dei asas à imaginação

E peguei suavemente num pincel,

Pintei palavras

Que fugiram do papel.

 

Palavras de amor,

De esperança,

De felicidade,

De carinho e de igualdade,

Que voaram pelo céu azul,

Saltando meigamente de nuvem em nuvem

Contentes,

Coloridas,

Mágicas!

 

Já quase de noite,

Depois da sua viagem,

As palavras regressaram ao papel

Como se nada tivesse acontecido

E ficaram dormindo no nosso ouvido…

 

No meu abecedário as palavras têm cores:

Azuis, vermelhas e amarelas

Toda a gente gosta delas!

publicado por ML às 19:44
link do post | comentar | favorito
|

Bárbara Casteleiro – 6º I

Era uma vez um livro,

E esse livro andava,

Tinha umas pernas tão pequeninas,

Era o meu livro preferido.

 

Um dia enquanto pintava,

As marotas das palavras

Decidiram mudar de cor,

E com a ajuda do meu irmão,

Lá se pintaram com lápis e canetas.

 

Quando se viram ao espelho,

A palavra chão

Era um cão.

A palavra mãe

Tinha um coração

E a palavra vitela

Estava amarela.

 

Quando o livro viu tanta cor

Caiu para o lado,

Pois este livro era preto e branco

Tinha vindo de cima de um banco.

 

O pior foi lavá-las,

Elas não queriam

E a água também não,

Foi preciso chamar o cão

Que bem lambeu,

Mas a cor não saiu.

Não há nada a fazer,

Palavras pintadas

E bem pintadas,

Com todas as cores

Vermelhas e amarelas,

Azuis e verdes.

Pareciam o arco-íris,

Mas um arco-íris feito de palavras.

 

publicado por ML às 19:43
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Neuza Soares – 6º I

Palavras são letras soltas,

Letras às voltas,

Letras trocadas,

Letras formadas.

 

Palavras são carinhosas,

Por vezes maldosas

E até podem ser maravilhosas.

 

Palavras podem ser de conforto,

De desgosto, de amor.

Palavras podem juntar

Podem separar.

 

Pintadas são coisas coloridas,

Coisas divertidas

Que expressam sentimentos, emoções

E libertam os corações.

 

Palavras pintadas

São coisas que nos fazem pensar

E até adivinhar.

São letras divertidas

Com as quais se pode brincar

E através de cores expressar

O que estamos a imaginar.

 

Com palavras escrevi

E me diverti

Para num concurso entrar,

E talvez ganhar.

publicado por ML às 19:42
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Vanessa Gomes – 6º I

As palavras pintadas

Existem em muitas profissões,

Até num poster

Dos salões.

 

Onde existe uma palavra,

É bom que esteja cortada,

Para se distinguir

De outra pintada

 

Quando é altura de festas,

As pessoas estão muito atarefadas,

Sempre à procura das palavras

Que não estão pintadas.

 

Os miúdos que andam na rua,

Estão sempre a grafitar,

As suas alcunhas pintadas,

Como se costumam tratar.

 

Os meus escritores favoritos,

Estão sempre isolados,

Porque estão com medo

De serem pintadas.

 

Os livros que não custam nada ler,

São os de banda desenhada,

Com uma surpresa no FIM

Que é uma palavra pintada.

 

Os escritores mais conhecidos,

Estão sempre a pensar

Numa palavra amiga,

Que querem pintar.

publicado por ML às 19:40
link do post | comentar | favorito
|

Ana Raquel – 6º I

Palavras para explicar,

Palavras para escrever,

Palavras para falar,

Palavras para entender.

 

As palavras revelam

O que sentimos,

As palavras revelam

O que ouvimos.

 

Para quem não sabe ler,

Basta ver.

Para entender.

As cores temos de saber.

 

A cor é a ajuda

Que a palavra precisa.

Para ser entendida,

Não precisamos de pesquisa.

 

Vermelho lembra amor,

Branco, paz,

O amarelo lembra calor,

O azul cor de rapaz.

 

Assim não é preciso

Saber escrever,

Só é preciso,

Saber entender.

 

Palavras pintadas,

São estas e muitas mais,

Elas são marcadas

Pelas cores e pelos sinais.

 

Assim termino

Este poema,

Com muito gosto,

Interpretei este tema.

 

publicado por ML às 19:39
link do post | comentar | favorito
|

Inês Pipa – 6º I

Do meu abecedário as palavras têm cores

Umas são azuis, verdes e amarelas

E toda a gente gosta delas.

 

Se eu fosse pintor

Pintava com muita cor,

Palavras e mundos distantes

Com muitas estrelas brilhantes.

 

Pintava em telas e quadros

O Sol Nascente e o Sol Poente,

Vinha cá muita gente

Para ver o Sol Nascente.

 

As Palavras Pintadas

São encantadas,

Têm brilho nos seus acentos

E algumas são inventos.

 

Há dias em que formam contos

E outros em que formam poesias.

Há uns em que se formam fábulas

E outros que foram feitos por cábulas.

 

Umas formam textos em prosa

E em poesia,

Em conto

E em fábula.

 

Com palavras escrevi

E me diverti

Para num concurso entrar

E talvez ganhar.

publicado por ML às 19:38
link do post | comentar | favorito
|

Joana Oliveira – 6º I

Palavras pintadas de variadas cores,

Muito bonitas são,

Mas quando estão aliadas,

Abrem-nos logo o coração.

 

Existem palavras pintadas,

No mundo inteiro.

Umas cantam, outras brincam com palhaças,

Mas as mais alegres, são as que giram à volta do canteiro.

 

E os passarinhos,

Qual é a palavra pintada de que eles gostam?

Pede-lhes com muito jeitinho,

Que eles te mostram.

 

E dos palhaços,

De quem toda a gente gosta,

A sua cor favorita,

É a cor da tosta.

 

Na escola,

Aprendes muitas palavras, cores,

Desenhos e também aprendes a recortar,

Para depois quando chegares a casa,

É só pegares na cola e te divertires a fartar.

 

Palavras pintadas,

Podem ser de diversos tons.

Umas amarelas, outras verdes,

E todos nós contentes fazemos muitos sons.

 

E de todos os meninos do mundo

Qual será a palavra pintada

Que eles gostam?

Será que é uma palavra criada por eles?

Enfeitada ou talvez decorada?

 

Querem saber qual é a palavra pintada que eu gosto?

Pode ser daquelas bordadas a ouro,

E fechadas a sete chaves no nosso coração,

Daquelas que só contamos aos amigos que nos dão a sua mão.

 

Adoro palavras pintadas,

Mas só aquelas que sabem amar.

Aquelas que ficam bem guardadas

As profundas que são muito amigas,

Fofinhas e muito quentinhas.

Adoro as palavras e a pintura e nunca vou deixar de gostar.

publicado por ML às 19:37
link do post | comentar | favorito
|

Carina Miranda – 6ºF

No céu está escrito

Que nas palavras eu vivo,

Das suas cores eu corrijo

Com suaves letras de algodão,

Que perante os meus olhos

Letras sossegadas,

Pretas e cansadas,

Moravam e viviam

Para serem senhoras,

Letras cantavam ao amanhecer

Com a minha presença serena.

Pintadas de luz,

Que nelas canto o fado

Da minha alma e da minha paz.

Renascia dentro do seu ventre

Uma luz do paraíso

Que pelos meus agrados

O inferno e a morte tinham-se esquecido,

Letras pintadas de arco-íris

Saltavam para molhos de rosas,

Que nas estrelas

Me pareciam belas

Com as minhas palavras.

Frases de várias cores

Saíam das letras pintadas,

Que no meu coração

A cor trocava lendas

De paixão e de tristeza,

Que nela vivia

As palavras pintadas!

 

publicado por ML às 19:36
link do post | comentar | favorito
|

Tomás Silva – 6ºF

Palavras pintadas

E bem coloridas,

Azuis, encarnadas

Ou todas floridas.

 

Existem tantas palavras

Nem as consigo contar,

As cores também são imensas,

De algumas vos vou falar.

 

Palavras cor-de-rosa

Só na fantasia.

Isto não é prosa

Mas sim poesia.

 

Belíssimo é o azul,

É a minha cor favorita,

Foi essa a cor que o Raul

Escolheu p´ra sua fita.

 

O verde vem a seguir,

Representa o meu clube.

Dizem que é a cor da esperança,

Oxalá isso o ajude.

 

Conheço imensas palavras

Com o mesmo significado,

É o caso do vermelho

Que é igual ao encarnado.

 

O preto é a cor mais escura

Chega até a assustar,

Mas os mágicos usam preto

P´ra ilusão aumentar.

 

O sol quente é amarela,

Mais laranja ao fim do dia,

Sem ele os dias são tristes

E sinto menos alegria.

 

O Outono é castanho,

As árvores também o são.

O castanho é a cor

Dos pêlos do meu cão.

 

Violeta, lilás e púrpura

Não sei bem qual a diferença.

E já que acabei este poema

Gostava de ter recompensa.

publicado por ML às 19:35
link do post | comentar | favorito
|

Duarte Godinho – 6º G

Junto à lareira,

Peguei num pincel

E acendi a clareira

Das sílabas de pastel.

 

Quis escrever paz e mel.

 

Com a aguarela não conseguia.

Com muita cor o Natal encantava,

Mas o amor nem a todos falava.

Era preciso mudar a aguarela deste dia.

 

Era preciso procurar

A BRANCA palavra mais colorida

                -PAZ-

Para apagar o Encarnado da Guerra,

E o amarelo da Fome.

É preciso encontrá-la na Terra!

 

 

publicado por ML às 19:35
link do post | comentar | favorito
|

Cláudia Mendes – 6ºG

Os pássaros a cantar

As palavras a pintar

A cor a escorrer

De um dia de chover.

 

A chuva a cair

As letras a brincar

Começam a correr

E acabam por chocar

 

A chocar na brincadeira

Vão parar à chuva

Com as cores na paleta

Acabam por ficar sujas

 

Assim acaba a história

Das palavras cantadas

Umas de verde e outras de laranja

Afinal todas pintadas.

 

publicado por ML às 19:34
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Fábio Carvalho – 6º F

Amor está pintada

Com a cor encarnada.

A cor dessa palavra

Significa Amizade.

 

Amizade está pintada

Com a cor amarelo.

A cor dessa palavra

Significa União.

 

União está pintada

Com a cor azul.

A cor dessa palavra

Significa a força de vontade.

 

Felicidade está pintada

Com a cor verde

A cor dessa palavra

Significa Esperança.

 

Paz está pintada

Com a cor branco.

A cor dessa palavra

Significa Liberdade.

 

Guerra está pintada

Com a cor preto.

A cor dessa palavra.

Significa Vandalismo.

 

Ternura está pintada

Com a cor roxo.

A cor dessa palavra

Significa Gostar.

 

está pintada

Com a cor laranja.

A cor dessa palavra

Significa acreditar.

 

publicado por ML às 19:33
link do post | comentar | favorito
|

Catarina Ferreira - 6ºF

Numas camisolas pintadas

Estão flores desenhadas,

Em cima da flor está uma abelha

A comer uma coisa vermelha.

 

Dentro da cama está uma boneca

A comer uma moragueta

Dentro de um lençol azul

Está um relógio pêndulo.

 

Numa camisa verde

Está um morcego.

Numa paleta de cores

Faltam umas cores.

 

Numa gaveta castanha

Está um caderno vermelho.

Numa caixa transparente

Lá dentro uns óculos pocroente.

 

Dentro de um saco azul

Lá estão umas choteiras.

Dentro duma carteira lá

Está dinheiro.

 

 

publicado por ML às 19:31
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 12 de Abril de 2006

Diogo Silva - 8ºA

Palavras pintadas:

amor, ódio,

tristeza, alegria,

saudade, amizade,

ou até mesmo fantasia.

 

Mas, quem será?

Ou…quem foi?

Que estas palavras pintou?

Com as cores que agora têm?

E quem é que o imaginou?

 

Terá tido mau gosto?

 

Tento agora recriar

o ambiente do pintor:

pincel na mão, cabelo ao vento,

molhando o pincel na cor,

começo pela palavra TEMPO…

 

Que cor irei escolher?...

publicado por ML às 17:37
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Diogo Silva - 8ºA

Minha caneta é meu pincel

Minha vida, minha tela;

Meu livro, minha paleta;

Minha inspiração, minha janela.

 

Pois na janela vejo…

Vejo o mundo de todas as cores

 

Verde dos campos e da esperança,

Encarnado do amor e da pujança

Azul do céu e da lembrança,

Branco de união e de confiança.

 

Palavras pintadas ficam gravadas

Na imensa tela da memória,

Amor, Liberdade, União,

Para sempre ficam para a História.

 

Necessitamos hoje em dia,

De mais poetas que pintem,

Pois a arte de pintar

Apenas é para os que sentem.

 

publicado por ML às 17:22
link do post | comentar | favorito
|

Márcia - 8ºC

Numas simples palavras,

Sem sentido e poder,

Podemos pintar o mundo

Da forma que o queremos ver.

 

 

As palavras podem ser pintadas,

De amarelo, verde, vermelho ou cinzento,

Todos as usamos, escritas ou faladas,

Conforme o nosso sentimento.

 

Todas estas palavras para te dizer,

Amo-te, embora não saibas o que é amar,

Esta palavras dita por não irei esquecer,

Mas não é por isso que por ti vou chorar.

 

Amo-te – esta palavra por ti foi lida

Esta palavra por ti foi dita,

Mas com o passar do tempo…

Esta palavra por ti foi esquecida
publicado por ML às 17:14
link do post | comentar | favorito
|

Catarina - 8º C

As palavras podem ser

Pintadas de amor,

Lealdade, amizade,

Verdade, realidade e muitas vezes,

Dor e sofrimento.

 

As palavras podem ser

Pintadas de cor

Vermelho, lilás, azul,

Verde, amarelo

E muitas vezes cinzento e preto!

 

Há palavras que por mim serão

Sempre lembradas

Talvez por ti já forma esquecidas

Mas mesmo assim estão gravadas,

No meu coração…

publicado por ML às 17:08
link do post | comentar | favorito
|

Maria João - 8ºC

Palavras vermelhas,

Azuis,

E até cor de groselha

Palavras brancas

Palavras amarelas...

E muito belas

Enfim, tantas palavras pintadas!

 

Palavras pintadas,

Bonitas, coloridas,

Palavras benditas,

Palavras muito bem escritas!

 

Palavras   riscadas

Malhadas, arredondadas

Palavras pintadas,

Baralhadas…

Assim são as Palavras Pintadas!!!

 

 

publicado por ML às 16:59
link do post | comentar | favorito
|

Patrícia Simões-8ºC

Letras grandes ou pequenas

Letras grossas ou finas

Letras de todos os feitios

E todas estas formam palavras,

 

Palavras curtas ou compridas

Palavras agudas ou graves,

Palavras pretas ou brancas

E todas estas formam frases.

 

Frases simples ou compostas,

Frases bonitas ou feias,

Frases do arco-íris

Todas estas formam textos.

 

Textos narrativos ou dramáticos,

Textos quentes ou frios

E todos de primavera

Todos estes de palavras  

                           pintadas

publicado por ML às 16:47
link do post | comentar | favorito
|

Neuza - 8ºC

Palavras pintadas,

Bem coloridas

Palavras esquecidas

Palavras escondidas

Às vezes rimadas,

Outras cantadas,

Que deviam ser ouvidas

Mas não o são!

São gozadas,

Massacradas,

Mas são belas,

Como algumas janelas,

Transparentes,

Reluzentes,

Que deixam ver o mundo!

Senti-lo,

Respirá-lo,

Estas palavras pintadas,

Mal amadas,

Têm pintas, riscas, traços

Mas adoram dar abraços

Abraços sentidos,

Coloridos…

E que nos fazem ficar divertidos,

Mas essas pintas, riscas e traços,

Têm várias cores,

Como vários tipos de flores

Ou vários tipos de amores.

Mas também existem palavras pintadas,

De preto e de branco

Com muito medo, medo da borracha

Que as pode apagar…

Estas palavras pintadas,

Que estão sempre a sonhar…

Estas palavras pintadas

Que gostamos de ler,

Mas não de escrever!

Que no coração podem vir…

E nos fazem sorrir…

Estas palavras pintadas,

Que vêm a seguir…

                         Palavras Pintadas

 

publicado por ML às 16:45
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Mariana - 8º C

Palavras pintadas,

Pintadas por ninguém…

Palavras pintadas,

Pintadas por alguém

Palavras pintadas,

Quem as pintou?

Palavras pintadas,

Quem foi, quem foi?

Ninguém se acusou!

publicado por ML às 16:34
link do post | comentar | favorito
|

Vanessa - 8º C

Palavras contadas,

Letras pintadas,

 

Palavras coloridas

Letras unidas.

 

Palavras alternadas,

Letras delgadas.

 

Palavras engraçadas,

Letras onduladas.

 

Palavras bonitas,

Letras infinitas.

 

Palavras escondidas,

Letras caricatas.

 

As palavras transmitem sonhos

Que vivemos no dia a dia,

As letras podem ser pesadelos,

Mas, as minhas contam a alegria.

Fora de todos os modelos,

Vibram na magia

Porque as usadas,

E mais decoradas,

São palavras pintadas!

 

 

publicado por ML às 16:30
link do post | comentar | favorito
|

Tânia - 8ºC

Palavras pintadas

No meu coração

São tantas as falas,

Que não tem comparação.

 

Palavras por ti ditas,

Marcaram o meu coração

Pois foste a minha vida,

Num momento de ilusão!

publicado por ML às 16:20
link do post | comentar | favorito
|

Elisete - 8ºC

Palavras amargas

Amorosas e liberais

Livres são,

Artísticas e sentimentais.

Verdadeiras, com coração

Risonhas muito mais

Amadas,

Sinceras

Podem ser amareladas.

Mas, serão sempre,

Palavras pintadas!

publicado por ML às 16:16
link do post | comentar | favorito
|

Ana Talixa - 8º C

Palavras pintadas,

muito coloridas,

umas escondidas,

outras esquecidas.

 

Palavras escritas,

outras ditas

umas alternadas,

outras emparelhadas.

 

Palavras pintadas

no meu coração

umas tristes,

outras feitas de ilusão.

publicado por ML às 16:08
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Carolina Peres - 8º C

Palavras Pintadas

escritas e faladas,

servem para o entendimento

são as palavras pintadas

que nos dão o conhecimento.

Na arte e no engenho,

no horizonte e nas palavras,

podemos ver todo o carinho

do artista, nas palavras pintadas.

O artista na sua tela,

transmite nas suas pinceladas,

sempre por bem querer...

palavras sentidas, palavras pintadas...

publicado por ML às 15:59
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 23 de Março de 2006

Inês Xarês - 8º D

Palavras são sons

Pintadas ou embelezadas
A elas juntam-se “pompons”!

É um subir e descer escadas.
Um tropeçar de palavras
Uma variedade de saladas

Pessoas engasgadas
Frases inventadas

Paredes arranhadas

Frases imaginadas,
Sonhadas!

Estudadas

E engraçadas
As palavras são…
São tudo o que se pode dizer
Dizer e fazer rir…

Rir e engasgar…
Engasgar e ficar doente…
Doente ou cair um dente…
Cair de tanto rir…
Rir e iludir…
Iludir e enganar…
Com tanto romantismo…

E faz-nos vomitar!

As palavras são todas diferentes

Embora imprudentes
Aparecem sempre
Sempre, entre sorrisos, choros,
Ou lamúrias…

publicado por ML às 23:26
link do post | comentar | favorito
|

Ruben Assis - 8º D

 

Um dia encontrei uma palavra…


Ela estava pintada


Não vi bem


Se azul ou amarela


Era linda sim,


Uma beleza anormal...


 


Esta palavra pensava eu


Que era radical e humanista


Tinha sentido próprio, era imperialista


Ela dizia o que queria


Tentava falar o que não sabia…


 


Pensei muito neste segredo


Olhei para o céu e vi


De repente lembrei-me


Que perdi todo o medo


Só por pensar em ti…

publicado por ML às 23:25
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Segunda-feira, 20 de Março de 2006

Miguel - 8ºD


A magia de imaginar


O desafio de criar


As palavras…


Que nos dizem, fingem, matam


E alegram


Pintadas


Lembram


As cores do arco-íris


No ar que respiramos,


Os obstáculos que enfrentamos


Palavras pintadas


Tristezas amarradas,


Alegrias ancoradas


No mar de palavras...


Pintadas.

publicado por ML às 15:49
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Edgar Anacleto - 8ºD


Por todos os que…


As ouvem,


Lembram a sua força e magia,


A todos os que escrevem


Vão celebrando a alegria


Raramente vão falhar


Abusar, usar, desprezar…


Se não chegarem palavras


Pintadas


 

 

publicado por ML às 15:48
link do post | comentar | favorito
|

Ana Baguecho - 8ºD

As palavras são como peixes


Na margem de um rio


À espera de não serem apanhadas


Por escritores desesperados...


 


As palavras são um jogo


Que nasce dentro de nós...


Elas têm diferentes significados e sentidos


Há que saber interpretá-los e decifrá-los.


 


As palavras são uma fonte de sabedoria


Inventadas por nós


Num momento de desespero


Em que não sabíamos o que fazer...


 


As palavras são muitas vezes o refúgio


Para a nossa amarga tristeza


Que nos invade o corpo todos os dias


Desde a nossa nascença...


 


Era o primeiro dia das férias


Elas estavam sentadas a olhar para mim


À espera que eu cedesse


Quando eu olhei para elas


Elas já estavam longe dali


Eram elas


As palavras,


As palavras pintadas…

publicado por ML às 15:45
link do post | comentar | favorito
|

Cláudia - 8ºD

Palavras pintadas


Amorosas


Lidas em voz alta


Abençoadas pela


Vida


Recordadas também pela


Amizade de quem as


Sentiu...


PINTADAS


 

 

publicado por ML às 15:43
link do post | comentar | favorito
|

Patrícia Carneiro - 8º D

Palavras Pintadas



Palavras aladas,


Selvagens camadas,


São todas elas pintadas


Mas todas atadas.


 

Palavras


Azuis como o céu


Laranjas como a moda


Amarelas como o sol


Verdes como a relva


Reencarnadas de


Anil


São todas palavras


PINTADAS

publicado por ML às 15:41
link do post | comentar | favorito
|

Madalena - 8ºD

Pintar palavras...

Hoje decidi pintar palavras. Porque não?! Apenas uma dúvida persiste: de que cor devo pintá-las?


Amarelo?


Não!


Faz lembrar um camião da Lipton, a marca do ice tea…


Espera! Quem decide a cor és tu!


Afinal é a ti que quero ver sorrir!


Sorri, para que consiga pintá-las sem sair dos contornos…

publicado por ML às 15:38
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Imagem criada a partir de uma pintura de Kandinsky.

.pesquisar

 

.Lista de participantes

Madalena - 8º D

Patrícia Carneiro – 8º D

Cláudia – 8º D

Ana Baguecho – 8º D

Edgar Anacleto – 8º D

Miguel – 8º D

Ruben Assis – 8º D

Inês Xarês – 8º D

Carolina Peres – 8º C

Ana Talixa – 8ºC

Patrícia – 8º C

Elisete – 8º C

Tânia – 8ºC

Vanessa – 8º C

Mariana – 8ºC

Neuza – 8ºC

Patrícia Simões – 8º C

Maria João – 8º C

Catarina – 8º C

Márcia – 8ºC

Diogo Silva – 8º A

Catarina Ferreira -  6º F

Fábio Carvalho – 6º F

Cláudia Mendes – 6º G

Duarte Godinho – 6º G

Tomás Silva – 6ºF

Carina Miranda – 6ºF

Joana Oliveira – 6º I

Inês Pipa – 6º I

Ana Raquel – 6º I

Vanessa Gomes – 6º I

Neuza Soares – 6º I

Bárbara Casteleiro – 6º I

Ana Bonito - 6º I

Margarida – 6ºH

Marília Machado – 7º G

Carolina Pereira – 7º G

Marta Mendes – 9º A

Sofia Costa – 9ºC

Cátia Henriques – 9º C

Marília Carvalho – 9º A

Sónia Reis – Ensino Rec.

Maria Adelaide – Ensino Rec.

Luís Coelho – 11º D

João Rodrigues – 11ºD

Cátia Amorim – 11º D

Catarina Ramos – 11º D

 

.posts recentes

. Catarina Ramos - 11ºD

. Cátia Amorim - 11ºD

. João Rodrigues - 11ºD

. Luís Coelho - 11ºD

. Maria Adelaide – Ensino r...

. Sónia Reis - Ensino recor...

. Marília Carvalho – 9º A

. Sofia Costa – 9ºC

. Cátia Henriques – 9º C

. Sofia Costa – 9ºC

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.posts recentes

. Catarina Ramos - 11ºD

. Cátia Amorim - 11ºD

. João Rodrigues - 11ºD

. Luís Coelho - 11ºD

. Maria Adelaide – Ensino r...

. Sónia Reis - Ensino recor...

. Marília Carvalho – 9º A

. Sofia Costa – 9ºC

. Cátia Henriques – 9º C

. Sofia Costa – 9ºC

.subscrever feeds